Concurso oferece 50 vagas para professor de educação especial

Divulgação
Começam segunda-feira, 06 - prosseguindo até 24 de março - as inscrições para o concurso público da Secretaria de Educação e Cultura (Seduc) que vai preencher 50 vagas na área de educação especial, nos cargos de professor intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) de nível médio e superior, professor instrutor de Libras de nível médio e professor braillista de nível médio e superior.

O concurso será realizado pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (FADE/UFPE), através da Comissão de Processos Seletivos e Treinamentos (Covest-Copset). As inscrições podem ser feitas nas agências dos Correios indicadas no edital ou pela Internet, no endereço eletrônico www.covest.com.br. Será cobrada uma taxa de inscrição de R$ 20 para os cargos de nível superior e de R$ 15 para os de nível médio. O manual do concurso custa R$ 5,00.
 
No período de 06 a 13 de março, as inscrições acontecem somente pela Internet. De 14 a 24 do mesmo mês, as inscrições serão realizadas pela Internet e também nas agências dos Correios.
São oferecidas cinco vagas para o cargo de professor intérprete de Libras de nível superior, sendo três para escolas da Gerência Regional de Educação (Gere) Recife Norte, uma para a Gere Metropolitana Norte e outra para a de Arcoverde. Para o cargo de professor intérprete de Libras de nível médio, são 20 vagas, sendo quatro para escolas da Gere Recife Norte, duas para a Metropolitana Norte, duas para a Metropolitana Sul e uma para cada uma das seguintes Geres: Recife Sul, Nazaré da Mata, Palmares, Vitória de Santo Antão, Barreiros, Limoeiro, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Petrolina e Salgueiro.

Para o cargo de professor instrutor de Libras de nível médio são oferecidas 13 vagas, sendo quatro para escolas da Gere Recife Norte e uma para escolas das seguintes Geres: Recife Sul, Metropolitana Norte, Metropolitana Sul, Nazaré da Mata, Limoeiro, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde e Petrolina. Para os candidatos a professor braillista de nível superior existem três vagas nas escolas da Gere Recife Norte. Ainda são oferecidas nove vagas para o cargo de professor braillista de nível médio, sendo quatro para as escolas da Gere Recife Norte e uma para as escolas das seguintes Geres: Metropolitana Norte, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde e Petrolina.

O processo de seleção terá três etapas: prova objetiva, análise dos títulos do candidato e prova prática.

A prova objetiva será realizada em 9 de abril, das 8h às 11h, e será composta por 40 questões, sendo 10 de língua portuguesa, 10 de conteúdos referentes às Leis de Diretrizes e Bases, adaptações curriculares, Lei de Acessibilidade, Estatuto da Criança e do Adolescente, entre outros, e 20 de conhecimentos específicos.

O candidato só terá conhecimento do local onde irá fazer a prova objetiva quando pegar o cartão de inscrição, nos dias 6 e 7 de abril, das 8h às 13h, nas Geres. Nestes mesmos dias, eles devem apresentar, em cópia autenticada, a documentação dos títulos para análise.

O resultado da prova objetiva será divulgado em 18 de abril, no site da Covest. O da análise dos títulos será divulgado no dia 15 de maio, nas Geres e na sede da Covest.

Para realizar a prova prática, marcada para o período de 03 a 12 de maio, o candidato deve apanhar um segundo cartão de inscrição que será entregue nas Geres, nos dias 27 e 28 de abril, das 8h às 13h. O local da prova será indicado no cartão de inscrição.

O resultado final será publicado em 20 de maio no Diário Oficial.

A nota dos aprovados será obtida através de uma média ponderada, calculada com base na prova objetiva, com peso 4; na prova de títulos, com peso 1; e na prova prática, com peso 5. No caso de empate, serão utilizados os critérios de maior pontuação na prova objetiva, maior número de acertos de conhecimentos específicos da prova objetiva e o de maior idade.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. A remuneração para o nível médio com carga máxima de 150 horas/mês é de R$ 230,34 mais 50% de gratificação pelo exercício do magistério.

Para o nível superior com carga máxima de 200 horas/mês, a remuneração é de R$ 420,30 mais a gratificação de 50%.

Uma vaga em cada cargo é reservada para os candidatos portadores de necessidades especiais.



Fonte: Jornal da Educação

 

Festa de 20 Anos da ASJF - Convite do Presidente

02 de junho de 2012

Leia mais.

Festival de Caldos - SSBH


9 de junho de 2012

Leia mais.

24 de março de 2012 - Inauguração do Curso de Formação de Tradutores e Intérpretes da LIBRAS em Manhuaçu - MG.